logo preta
Pesquisar
Close this search box.

Líder religioso é preso suspeito de estuprar mulheres durante “consultas espirituais” em Tubarão.

Quatro vítimas registraram boletim de ocorrência e prestaram declarações, informou polícia

Um líder religioso de 43 anos foi preso preventivamente na manhã desta quinta-feira (2), em Tubarão, suspeito de praticar crimes sexuais contra mulheres.

De acordo com a Polícia Civil, o pai de santo se valia da função para cometer os abusos contra seguidoras da sua doutrina. As vítimas eram filhas de santo ou frequentadoras da casa religiosa. Todas são maiores de idade.

“As investigações identificaram sete vítimas, mas apenas quatro se encorajaram de registrar o boletim de ocorrência e prestar declarações. São apurados crimes de estupro, importunação sexual e violação sexual mediante fraude”, detalhou o delegado responsável pelo caso, Lucas de Sá Rezende, em entrevista ao jornal Diário do Sul.

Segundo a polícia, os crimes teriam ocorrido entre janeiro e dezembro de 2023, geralmente no terreiro ou em uma loja de artigos religiosos da cidade.

“Os supostos crimes aconteceram durante consultas espirituais, banhos ritualísticos ou na convivência cotidiana, sempre na função ou em razão da função de líder religioso”, ressaltou o delegado.

Após a prisão, o suspeito foi encaminhado ao Presídio Regional da cidade.

“Eventuais vítimas que não tenham noticiado supostos abusos podem entrar em contato através do telefone (48) 3631-9951”, reforça a PCSC. O inquérito do caso deve ser concluído em até dez dias.

Gostou da notícia então compartilhe:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp

Noticias relacionadas

Destaques

plugins premium WordPress