logo preta
Pesquisar
Close this search box.

MAIS UM DIA DE BUSCAS POR LÁZARO BIBIANA, EM RIO NO MUNICÍPIO DE BOM JARDIM DA SERRA/SC.

O drama dos familiares de Lázaro Bibiana continua em Bom Jardim da Serra, na Serra Catarinense. Lázaro desapareceu nas águas do Rio das Contas, na localidade de Varginha, por volta das 19h do sábado, 18/05/2024. O incidente ocorreu quando uma pick-up Hilux, pertencente a uma companhia de internet, tentou atravessar uma ponte submersa e caiu no rio. Dos três ocupantes do veículo, dois conseguiram se salvar segurando-se em uma caixa de ferramentas que estavam transportando, enquanto Lázaro não foi mais avistado.

 

No dia seguinte, 19 de maio, as equipes de resgate começaram as buscas pelo corpo da vítima desaparecida. A operação foi liderada pelo Corpo de Bombeiros Militar de São Joaquim (CBMSC), com o apoio de diversas viaturas, incluindo a AR-130 e a AR-178. As buscas incluíram varreduras no rio utilizando uma embarcação aquática com motor de popa e botes infláveis movidos a remo.

No dia 20 de maio, por volta das 13h, a pick-up foi encontrada a uma profundidade de aproximadamente três metros, mas nada foi encontrado em seu interior. As buscas continuaram nas margens do rio e em áreas de baixa correnteza, com a utilização de embarcações do CBMSC para facilitar o deslocamento pelo rio. Nesse dia, uma terceira equipe de bombeiros de Roraima chegou para dar apoio, fornecendo sugestões e auxiliando nos trabalhos.

As operações de busca foram realizadas em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul (CBMRS), refletindo a colaboração entre corporações de diferentes estados. Entre os profissionais envolvidos estavam três bombeiros catarinenses, quatro gaúchos e cinco de Roraima.

Devido às fortes correntezas do rio e informações fornecidas pelos sobreviventes, as buscas se concentraram em locais estratégicos, como remansos e áreas de retorno de água. Um drone do CBMRS foi utilizado para mapear pontos estratégicos e melhorar a visualização do local. As buscas abrangeram uma área de aproximadamente dois quilômetros ao longo do rio, identificando um ponto conhecido como “poço”, onde muito material se deposita.

No dia 21 de maio, foi realizada uma operação de mergulho com mergulhadores do CBMSC e CBMRS nesse ponto específico, na esperança de localizar o corpo da vítima desaparecida. Por se tratar de uma área de divisa entre estados, as corporações trabalharam em conjunto, envolvendo integrantes de Bom Jardim da Serra, São Joaquim, Lages e Vacaria, evidenciando a importância da cooperação inter-estadual em operações de resgate.

As buscas seguem nesta quarta-feira, 22/05/2024, porém, o Corpo de Bombeiros de Bom Jardim da Serra não atualizou as informações.

Gostou da notícia então compartilhe:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp

Noticias relacionadas

Destaques

plugins premium WordPress