logo preta
Pesquisar
Close this search box.

Pastor do tráfico é preso

Ele estava morando atualmente em Balneário Camboriú.

Preso nesse sábado (1º/6) por envolvimento com a facção criminosa carioca Terceiro Comando Puro (TCP), o pastor Leonardo Belchior de Souza (foto em destaque), 44 anos, teve a família inteira capturada pela Polícia Federal (PF) na Operação Fim de Mundo — ação conjunta da PF e do Ministério Público Estadual contra o tráfico de drogas e armas nas comunidades de Acari, na Zona Norte do Rio, e Vila Aliança, na Zona Oeste.

 

Os policiais federais descobriram que o sobrinho do pastor, identificado como Renato Castro, era o líder do esquema, encarregado de coordenar a distribuição de armamentos e entorpecentes de Santa Catarina para o Rio de Janeiro.

 

Além dele, sua mãe, Dalva de Castro Belchior, seus irmãos Rodrigo Castro, Rayane de Castro Caetano e Thaylany de Castro Belchior, e o tio, Leonardo Belchior de Souza, foram denunciados pelo MP. A esposa de Renato, Estela Lira Gonçalves, o cunhado Philipe da Silva Vasconcelos e a cunhada Vanessa Silva dos Santos, também estão envolvidos.

 

Os investigadores também apontaram que duas ex-companheiras de Renato, Ariany Pereira Paranhos e Jessica Lima Pessoa, participaram da organização criminosa.

 

Segundo as apurações, os irmãos Rodrigo, Renato, Rayane e Thaylany, juntamente com a mãe Dalva, ficavam em Acari, fornecendo armas e drogas para as comunidades de Vila Aliança.Posteriormente, mudaram-se para Balneário Camboriú, onde compraram uma propriedades de alto padrão. Renato movimentou milhões de reais em sua conta bancária, principalmente com depósitos em espécie.

Gostou da notícia então compartilhe:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp

Noticias relacionadas

Destaques

plugins premium WordPress