logo preta
Pesquisar
Close this search box.

Pastor é preso em São Paulo por estupro.

O pastor evangélico José Geraldo Gomes Ribeiro, de 63 anos, foi preso na manhã desta quinta-feira (16/5) sob suspeita de estuprar mulheres jovens, incluindo três sobrinhas, como mostra investigação da Polícia Civil de Vargem Grande Paulista, na Grande São Paulo.

A prisão, por tempo indeterminado, foi determinada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), a partir de relatos e provas levantados durante a investigação. José Geraldo foi preso em casa, na mesma cidade da região metropolitana.

Segundo a delegada Francini Abrahin, o pastor praticava abusos sexuais há mais de 30 anos. Uma das supostas vítimas, sobrinha dele, atualmente com 41 anos, disse à polícia que foi estuprada pelo religioso quando tinha 8 anos de idade.

“Ele abusava da confiança depositada nele, inclusive pela função que exercia. Essas meninas, jovenzinhas que foram estupradas, ou que ele tentou estvprar, eram, em grande parte, da família dele”, disse a delegada.

A vítima decidiu revelar à família os abvsos que teria sofrido do pastor na infância. Depois disso, a filha dela, de 16 anos, afirmou que também havia sido estvprada pelo religioso.

“Sempre rodeado de crianças”

Em depoimento, ao qual o Metrópoles teve acesso, a mulher afirmou que os abusos ocorreram “quando não haviam adultos por perto”, no sítio ou na casa de José Geraldo. Por ser pastor evangélico, acrescentou ela, o acusado estava “sempre rodeado de crianças”.

Gostou da notícia então compartilhe:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp

Noticias relacionadas

Destaques

plugins premium WordPress