logo preta
Pesquisar
Close this search box.

PC apura possível estupro de vulnerável contra jovem de 13 anos, após ela da a luz a bebê no HRO em Chapeco

A Polícia Civil investiga um crime de estupro de vulnerável descoberto após uma menina de apenas 13 anos dar à luz uma criança no Hospital Regional do Oeste (HRO), em Chapecó (SC). Segundo apurado até o momento, na data de 25 de fevereiro de 2024, no HRO, uma jovem deu à luz a um bebê, mas registrou a criança apenas na data de 28 de fevereiro de 2024.

“Cumprindo determinação da Lei n. 8.560/1992, que cuida do registro de nascimento, do reconhecimento e da investigação da paternidade de filhos não resultantes de casamento e não registrados por iniciativa do próprio pai, o oficial responsável pelo aludido cartório comunicou o fato”, informou a Polícia Civil.

 

Conforme a Polícia Civil, o Código Penal brasileiro prevê como crime de estupro de vulnerável a prática de conjunção carnal ou outro ato libidinoso com pessoa menor de 14 anos, ainda que não haja ameaça ou violência e mesmo exista “consentimento” da vítima

Gostou da notícia então compartilhe:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp

Noticias relacionadas

Destaques

plugins premium WordPress