logo preta
Pesquisar
Close this search box.

Urussanga é alvo de nova operação da Polícia Civil

A Polícia Civil do Estado de Santa Catarina, através da 2ª Delegacia de Combate à Corrupção da DEIC (2ª DECOR/DEIC), deflagrou, na data de hoje (16/04/2024), segunda fase da investigação que apura, dentre outras coisas, os crimes de organização criminosa, bem como falsidade ideológica, o uso indevido da renda pública e, ainda, contratação direta fora das hipóteses legais.

No curso do inquérito policial, apurou-se ter sido adquirido dois imóveis com valores superfaturados, sendo tais fatos corroborados através dos trabalhos periciais.
Em razão disto, no dia de hoje, deu-se cumprimento a 04 mandados de prisão preventiva, 09 mandados de busca e apreensão, sequestro de valores e afastamento de servidores da função pública.

As penas dos delitos investigados, se somadas, podem chegar a 33 (trinta e três) anos de reclusão.

As investigações continuam para verificar o envolvimento de outras pessoas.
Destaca-se, por fim, o trabalho exaustivo da Polícia Científica, assim como do Ministério Público e do Tribunal de Justiça de Santa Catarina por intermédio da Excelentíssima Desembargadora Cinthia Beatriz da Silva Bittencourt Schaefer.

Gostou da notícia então compartilhe:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp

Noticias relacionadas

Destaques

plugins premium WordPress