logo preta
Pesquisar
Close this search box.

SC terá semana de calor com temperaturas que podem chegar aos 40° graus

Foto: Ricardo Trida/Secom
Foto: Ricardo Trida/Secom

A presença do sol durante o dia favorece uma significativa elevação das temperaturas, mas nas noites e madrugadas as temperaturas ficam amenas

No dia 21, próxima quinta-feira, o verão termina oficialmente. E nessa reta final de estação o calor intenso volta com tudo em Santa Catarina. A previsão dos meteorologistas apontam temperaturas elevadas e acima do normal para essa época do ano. Segundo o serviço de meteorologia da secretaria de Estado da Proteção e Defesa Civil, um sistema de alta pressão associado a uma massa de ar seco deixa o tempo estável e com grande amplitude térmica no estado durante esta semana. A presença do sol durante o dia favorece uma significativa elevação das temperaturas, mas nas noites e madrugadas as temperaturas ficam amenas.

Segundo o secretário de Estado da Proteção e Defesa Civil, coronel Fabiano de Souza, nessas ondas de calor a gente não pode se descuidar. “É extremamente importante que a população tem cuidados extremos com a onda de calor. Evitem uma exposição prolongada ao sol, principalmente, nos horários mais complicados entre 10 e 16 horas onde a radiação é mais intensa. Hidrate-se, use protetor solar. E nesse período com ondas de calor logo depois de período chuvoso é muito importante também os cuidados e a prevenção contra a dengue”, destacou o secretário.

Nesta terça (12) e na quarta-feira (13), as temperaturas máximas ultrapassam os 35°C em áreas do Extremo Oeste e Oeste catarinense e variam entre 30°C e 33°C no Meio-Oeste, Planalto Norte, Vale do Itajaí e litorais, com exceção da faixa costeira. Na quinta (14) e na sexta-feira (15) o calor se intensifica, com máximas de 33°C a 35°C na maior parte do estado e de 36°C a 40°C no Extremo Oeste, Oeste, Litoral Sul e parte do Vale do Itajaí. O risco é moderado nas áreas em amarelo para desidratação, insolação, agravamento de doenças cardiorrespiratórias e outros transtornos associados ao calor excessivo. Nas áreas em verde, o risco é baixo.

Gostou da notícia então compartilhe:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp

Noticias relacionadas

Destaques

plugins premium WordPress