logo preta
Pesquisar
Close this search box.

Vídeo mostra momento em que atirador abre fogo em Porto Belo

Imagens fortes revelam o instante exato em que um atirador abriu fogo na saída da Casa Noturna Lofty na madrugada deste sábado (8).

Imagens fortes revelam o instante exato em que um atirador abriu fogo na saída da Casa Noturna Lofty, em Porto Belo, na madrugada deste sábado (8). O tiroteio deixou quatro pessoas feridas e provocou pânico entre os presentes, que ainda estão em estado de choque. As testemunhas afirmam que o evento transcorreu sem incidentes até a saída, elogiando a organização da casa noturna.

 

As vítimas, identificadas como Rafael Fernandes Oliveira, Janderson José Nazário, Ryan Carlos Sales Neves e Wesley do Nascimento Teodoro, foram surpreendidas pelo atirador que disparou várias vezes, atingindo diversas partes de seus corpos, incluindo pernas, pés, região pélvica, nádegas e mãos. Elas foram rapidamente socorridas e levadas para hospitais em Itapema e Balneário Camboriú.

 

Os policiais militares das guarnições de Porto Belo, Bombinhas, Itapema e do Tático foram acionados para atender à ocorrência. Segundo relatos e vídeos anexados ao boletim de ocorrência, dois homens em um BMW 116I branco, identificado pela placa BDG0H81, foram os responsáveis pelos disparos. Jackson da Silva Calistro, vestindo uma camisa preta, foi identificado como o motorista e atirador. Vinícius Lima de Oliveira, com uma camisa branca, estava como passageiro.

 

 

Após o ataque, os dois tentaram fugir, mas colidiram o carro contra o muro de uma residência. Jackson conseguiu escapar, enquanto Vinícius foi encontrado ferido no local e levado ao hospital em Itapema. Dentro do veículo, a polícia apreendeu um smartphone, que foi enviado para perícia, e três cápsulas de 9mm, encontradas no local do tiroteio.

 

Depoimentos de testemunhas ajudaram na identificação dos suspeitos e na reconstituição dos eventos. Após a colisão, T. De L. e D. De L. prestaram os primeiros socorros a Vinícius e saíram do local em um Gol branco, mas foram abordados pelo Tático na entrada de Canelinha. Eles relataram ter visto um homem, possivelmente Jackson, entrando em um veículo escuro, possivelmente um Fiesta.

 

A polícia científica foi acionada para realizar a perícia no local do tiroteio e no BMW apreendido. As imagens das câmeras de segurança foram anexadas ao boletim de ocorrência para auxiliar nas investigações, que continuam em busca do paradeiro de Jackson da Silva Calistro e na elucidação completa do caso.

Fonte Jornal Razão

Gostou da notícia então compartilhe:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp

Noticias relacionadas

Destaques

plugins premium WordPress